Estimados Membros da FORGES,
Prezados colegas e amigos,

 

No final de um ano marcado por um tempo diferente, onde a pandemia COVID-19 impôs, às pessoas, às instituições, aos sistemas de ensino superior e às relações multilaterais, desafios antes inimagináveis; onde as confortáveis rotinas foram quebradas e novas capacidades foram testadas; neste tempo que é tradicionalmente de alegria e de festa, impõe-se uma mensagem de esperança.
2020 foi o ano da comemoração do décimo aniversário da FORGES, onde apesar dos constrangimentos à mobilidade internacional, a Rede soube ser um fórum de partilha, de aprendizagem e de investigação na gestão das Instituições de Ensino Superior dos Países e Regiões da Língua Portuguesa.
A 10.ª Conferência FORGES, realizada em novembro, com centenas de participantes, subordinada ao tema O ENSINO SUPERIOR NA ERA DIGITAL NOS PAÍSES E REGIÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA: DESAFIOS E PROPOSTAS, numa coorganização com a Universidade de Évora e a Escola Superior de Saúde do Alcoitão, foi disso um bom exemplo. Exemplo do empenho dos associados foi também o novo ciclo da Revista FORGES, iniciado em plataforma eletrónica, no formato de open access e-journal (www.revistaforges.pt), seguindo as tendências atuais no que respeita à edição de revistas científicas, e tendo em conta a vertente de sustentabilidade ambiental, com a disponibilização de todos os seus números já editados e de um processo automatizado de submissão de artigos e avaliação.

Numa época do ano marcada tradicionalmente pela proximidade e pelo calor humano, em que, na relação com os outros, partilhamos balanços e formulamos votos a Associação FORGES tem bem próximos todos os associados, institucionais e individuais, de Angola, Brasil, Cabo-Verde, Guiné, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A todos agradecemos os caminhos de esperança que nos apontam com o vosso exemplo, olhando cada estrela com o eco das palavras do poeta Cabral do Nascimento, num Natal de 1916.

 

Em cada estrela sempre pomos a esperança
De que ela seja mensageira,
E a sua chama azul encha de luz a terra inteira.
Em cada vela acesa, em cada casa, pressentimos
Como um anúncio de alvorada;
E em cada árvore da estrada
Um ramo de oliveira….

 

Com estima, a todos formulamos votos de muita Saúde e de Paz, para vós e respetivas famílias, e de Festas Felizes, num Ano de 2021 de reforçada proximidade.

 

Margarida Mano
Presidente da Direção

logo_FORGES_1002
ARQUIVO
X